Meningite em Nova Lima

Home/ Notícias

Em 19/08/2019   •   última atualização em 11/09/219 às 16h30


11/09/2019

Trata-se de uma criança de 06 anos, moradora do bairro Mina d’Água, admitida no HNSL dia 09/09/2019 com sintomas característicos da doença, sendo transferida no mesmo dia para o Hospital Infantil João Paulo II e submetida a punção lombar com resultados liberados em 10/09 característicos de meningite viral que não é contagiosa e, portanto, não demanda ações de contenção. A criança recebeu alta hospitalar na presente data e encontra-se em domicílio acompanhada pela Unidade Básica de Saúde de referência.

Até a presente data há 5 casos de meningite notificados, sendo:
01 caso em abril – meningite bacteriana
01 caso em maio – descartado por critérios laboratoriais
02 casos em agosto – meningite bacteriana e meningite viral
01 caso em setembro – meningite viral (caso descrito acima)

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

19/08/2019

Informamos que recebemos a notificação de dois casos confirmados de meningite em Nova Lima, um de morador do bairro Mingu e outro do Retiro. Ambos se encontram internados em hospitais na cidade, onde recebem tratamento adequado. 

Os exames complementares do primeiro paciente apontam para meningite causada pela bactéria Streptococcus pneumoniae. Este agente não se dissemina na comunidade portanto não demanda ações de contenção. Já no caso do segundo paciente, exames preliminares sinalizam a possibilidade de meningite causada pela bactéria meningococo, portanto com risco de transmissão na comunidade. 

Medidas de contenção imediatas, como o uso de medicamento preventivo para os contatos próximos, verificação do cartão vacinal e ações de vigilância estão sendo tomadas.

Ressaltamos que, até o momento, há três casos confirmados de meningite em Nova Lima em 2019. Os casos não apresentam vínculo entre eles e por isso até o momento não há evidência de transmissão sustentada de meningococo.


VACINA
A partir de 2011, a vacina conjugada meningite por meningococo C faz parte do calendário básico de imunização. O esquema vacinal obedece aos seguintes critérios: uma dose a ser aplicada aos 3 meses outra aos 5 meses e doses de reforço aos 12 meses e outra de 11 a 14 anos.

A vacina contra o Harmophus influenzae tipo B (presentes na vacina Pentavalente recebida aos 2,4 e 6 meses de idade) também protege contra a meningite e faz parte do calendário oficial de vacinação.

As vacinas encontram-se disponíveis em todas as unidades de saúde com sala de vacina e nas salas volantes como Vila da Serra, Cabeceiras, Água Limpa, Vale do Sol e Miguelão.

Compartilhe

Notícias Relacionadas

Imagem de capa
Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo para Adultos

/ Saúde

Quem já está vacinado não precisa se vacinar novamente.

Imagem de capa
Convocação de Candidatos Excedentes - Processo Seletivo ACS e ACE

/ Saúde

Convocação emergencial para o cargo de ACE