Agentes Comunitários de Saúde aproximam a população do poder público

Home/ Notícias

16/09/2021 às 14:01  | última atualização em 16/09/2021 às 15:21

Por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), a população consegue acessar diversos serviços de saúde gratuitos, como consultas, cirurgias, exames, dentre outros. A porta de entrada para esses atendimentos são as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que possuem equipes de saúde da família.

Grande parte do sucesso desse sistema se deve à existência dos agentes comunitários de saúde (ACSs), que realizam um importante trabalho, conectando as demandas da população ao poder público e também levando as informações e serviços de saúde até a casa das pessoas.

Os ACSs são pessoas residentes na comunidade que, após aprovação em processo seletivo, desenvolvem atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, por meio de ações educativas individuais e coletivas, nos domicílios e na comunidade, sob supervisão dos enfermeiros.


Entenda o papel desempenhado pelo ACS
Além de todas as orientações repassadas às famílias, o cadastro realizado pelo ACS é a base para a formulação das políticas de saúde do município. A quantidade de unidades de saúde, o número de profissionais, o repasse de vacinas pelo Ministério da Saúde, a compra de serviços e exames, tudo é feito com base nos dados coletados pelos agentes de saúde.

Com os cadastros, é possível identificar a quantidade de pessoas e famílias, o número de hipertensos, diabéticos, crianças, gestantes, pessoas com deficiência e outras informações que permitem o diagnóstico demográfico, social, cultural, ambiental, epidemiológico e sanitário do território.

Atualmente, existem 21 UBSs, 25 equipes de saúde da família, duas equipes de Atenção Primária e 140 agentes comunitários de saúde em Nova Lima.

Por meio da visita mensal feita às famílias, o ACS deve:
• Realizar o cadastro da população e identificar os principais problemas de saúde do território;
• Fornecer informações sobre os serviços de saúde prestados e como acessá-los;
• Acolher a demanda dos usuários e levar respostas a essas solicitações;
• Auxiliar os pacientes com seus cuidados de saúde, como organização das medicações, comunicação de agendamentos de consultas e exames, orientações de cuidado a recém-nascidos, auxílio na amamentação, entre outros;
• Identificar famílias vulneráveis que necessitam de maior atenção do poder público;
• Orientar sobre sintomas, riscos e agentes transmissores de doenças e medidas de prevenção individual e coletiva;
• Identificar casos suspeitos de doenças e agravos, além de encaminhá-los para a unidade de saúde;
• Participar das atividades nas UBS, como reuniões de equipe e grupos de educação em saúde e promoção da qualidade de vida.

Você conhece o seu ACS?
De acordo com as diretrizes do SUS, um município é dividido em várias áreas, cada uma sendo responsabilidade de uma UBS. Essas áreas são formadas por pequenos territórios, as chamadas microáreas. Todas as famílias residentes na microárea são assistidas e visitadas por um ACS. Caso você ainda não conheça o seu ACS, acesse AQUI e preencha os dados solicitados. A partir disso, a equipe da sua UBS entrará em contato.

Compartilhe

Notícias Relacionadas

Imagem de capa
Cronograma de vacinação contra a Covid-19 de terça-feira (19)

Saiba mais

Imagem de capa
CORONAVÍRUS - Acompanhe aqui a situação em Nova Lima

Última atualização em 18/10 às 12h