Nova Lima recebe programa de castração móvel de cães e gatos

Home/ Notícias

22/11/2016 às 18:42  | última atualização em 29/12/2020 às 16:12

O prefeito Vítor Penido, recebeu na última segunda-feira, dia 21/11, a visita do senador Antônio Anastasia, dos promotores de justiça Andressa Lanchotti e Carlos Eduardo Pinto e demais autoridades, para o lançamento do programa de castração móvel de animais, em Nova Lima.

No evento, o prefeito ressaltou a importância da parceria entre a Prefeitura, o Governo de Minas e a Câmara de Deputados para resolver o problema da superpopulação de animais nas ruas, sem violar os direitos dos mesmos, garantidos pela constituição Federal.

De acordo com a médica veterinária do projeto, Mayara Boucherville, cada animal que não é castrado, gera, em um ano, 12 descendentes diretos e em 10 anos, mais de 80 mil descendentes indiretos. “No Brasil, existem 30 milhões de animais abandonados. A castração evita, nas fêmeas, o câncer de mama e de ovário e, nos machos, o câncer de próstata e de testículo.Esperamos garantir o direito do animal à vida, à saúde e ao bem-estar”.

Carlos Eduardo Ferreira Pinto, promotor de Justiça e coordenador do Núcleo de Resolução de Conflitos Ambientais, disse que não adianta somente receber e fazer feiras de adoção. “É importantíssimo trabalhar a prevenção em dois eixos fundamentais que são exatamente a castração e a conscientização da sociedade”.

O Senador Antônio Anastasia abordou que a defesa dos direitos dos animais se alastrou e felizmente encontrou, no Brasil, um terreno fértil. “Esse projeto será muito exitoso e servirá de vitrine para todo país”, concluiu. Assim que foi publicada a vinda do Castramóvel em Nova Lima, a moradora do Bairro Nossa Senhora de Fátima, Bárbara Souza, se interessou. “A cirurgia para castração tem um custo muito alto e, para tutores que não têm como arcar com as despesas da cirurgia em hospital, é uma excelente oportunidade.”

Compartilhe